Atletas catarinenses conquistam medalhas nas Paralimpíadas Escolares

A edição de 2018 das Paralimpíadas Escolares começou no dia 19 de novembro, mas a modalidade de judô foi disputada ontem (22) e hoje em São Paulo. 
Santa Catarina contou com a participação dos atletas Rafael Silveira e Charissa Colaco, ambos na classe Deficiente Visual.

Rafael, tornou-se bi-campeão das paralimpíadas, na categoria pesado e conquistou o bronze na categoria absoluto. A atleta Charissa, categoria pesado, conquistou o bronze em sua estreia.

“Esse resultado mostra o trabalho que vem sendo feito em Santa Catarina e reforça a importância do judô inclusivo. As paralimpíadas escolares é um evento importante para mostrar a força dos nossos atletas e incentivar o judô para todos no estado e no país”, afirma Moises. Penso, presidente da FCJ.

O técnico Rafael Kons, que acompanhou os atletas, avaliou a participação positiva. “Além da experiência de estarem participando do maior evento escolar do Brasil, ambos conseguiram alcançaram um excelente desempenho”, afirma Kons.

Um censo divulgado pelo IBGE, aponta que 45,6 milhões de pessoas declaram ter ao menos um tipo de deficiência, o que corresponde a 23,9% da população brasileira. A deficiência visual é a mais apontada, atinge 18,8% da população. Em seguida deficiência motora, atingido 7%, auditiva, 5,1% e mental ou intelectual, 1,4% da população.

Nos últimos anos a Federação Catarinense tem promovido competições e cursos que promovam o judô inclusivo, como a Copa Santa Catarina de Judô para Todos. Além disso, foi criada a comissão paradesportiva para fomentar ainda mais o Judô para Todos, promovendo a inclusão, o bem estar e o desenvolvimento das Pessoas Com Deficiência (PCDs) oferecendo a todos os participantes a oportunidade de vivenciar um ambiente competitivo e com diversão. 

“O Judô para Todos é uma responsabilidade nossa, mas antes disso é uma satisfação muito grande, nossos eventos estão sendo realizados com muito carinho pela nossa equipe”, enfatiza Moises.

“É uma excelente iniciativa da FCJ e acredito que com o suporte certo e estratégias estabelecidas, o judô inclusivo do estado será referência nacional, assim os atletas com suas diferentes classificações ganham espaço dentro do judô”, finaliza Kons.

A entrega de medalhas acontecerá nessa sexta-feira. 

2 Comentários

  1. Felicitaciones para quien organiza los eventos !!!y orgullosa de mi nieto Rafael Garrido Silveira!!!gracias desde Uruguay a quien hace posible estos eventos y a quien acompaña siendo de gran apoyo a los atletas,en este caso a sensei que acompaña a nieto,GRACIAS!!!MUITO OBRIGADO! !!

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*